06

jan

2015

Hoje cedo li a notícia sobre o início das obras para construção da ciclovia na Av. Paulista. Antes de continuar, quero ressaltar que sou simpatizante das bikes como transporte individual, sou ex-ciclista urbano e que ainda hoje pedalo para fazer alguma atividade física. Adoro cidades com ciclovias bem feitas, bem planejadas e acho patética a atitude exagerada e absolutamente sem noção com que as autoridades de São Paulo abraçaram a causa e continuam a fazer estragos sem que nada nem ninguém os impeça. Surreal.

Voltando á notícia, quando vi no jornal a foto do canteiro central da Av. Paulista em obras e li o texto, senti meu sangue fervendo ao reler pela enésima vez que diminuirão a largura das faixas dos carros e dos ônibus em 20 cm para cada faixa. Isso simplesmente acaba com o “corredor de motos” natural, que existe em todas as avenidas e é por onde passam as motos naturalmente. Alguém dirá “Que bom, nos EUA as motos não usam corredores, as motos que fiquem em fila como os carros…”, sem pensar que as cidades americanas oferecem alternativas de transporte eficiente, coisa que aqui não acontece. Em S. Paulo somos dezenas de milhares de profissionais liberais, estudantes, operários, arquitetos, motoboys, médicos, sem-grana-para-carros, executivos, policiais e professores que optaram pela mobilidade, economia, ecologia e rapidez que só uma motocicleta pode oferecer. Se de carro vc faz 3 coisas em um dia, de moto vc faz 7.

E em vez das “otoridades” corrigirem aquelas duas (!!!) moto-faixas mal feitas e mal planejadas das avenidas Sumaré e Vergueiro e aumentar seu número por toda a cidade, simplesmente acabaram com elas. Na Marginal Tietê resolveram espertamente o problema, simplesmente proibiram as circulação de motos. Daqui a pouco algum técnico “esperto” vai limitar a velocidade a 20 km por hora, assim diminuirão mais ainda os acidentes. Vai ser bom para o crime organizado, que comercializa quase tantos carros roubados quanto a industria produz em suas fabricas.A acefalia impressiona.

Quantas pessoas desistem de usar motos e scooters por medo de acidentes (e nem falo aqui dos assaltos) no trânsito alucinado, que vai piorar o zig-zag entre os carros? Estou certo que se a cidade fosse coberta por moto-faixas, milhares de mulheres, jovens e não-motociclistas trocariam seus carros por uma moto ou scooter. Basta andar pela Marginal Pinheiros e ver como o fluxo centralizado funciona bem, sem contar que bastaria pintar duas faixas para regularizar a caminho naturalmente formado e diminuir acidentes.

A QUEM INTERESSA ACABAR COM AS MOTOS? Seria a industria automobilística? Aqui no Lisarb tudo pode acontecer, com sabemos.

Pergunto: aonde estão os sindicatos de motociclistas profissionais? Porque a ABRACICLO, que representa as fabricas de motocicletas não levanta essa bandeira? Porque as revistas especializadas e jornalistas idem não colocam lenha nesse assunto, cansaram? Será que -claro que não são minoria- poderiam fazer algo mais do que matérias baba-ovo da industria em troca de anuncios e escrever sobre essas politicas absurdas adotadas pelas autoridades, para conscientizar e aculturar seus leitores? Será que os fabricantes de motos não percebem que isso está acabando com o mercado, ou pelo menos, evitando que ele continue a crescer? E o pior, essa moda pega… e se as cidades menores forem atrás, estamos ferrados.

Ninguém faz lobby? Ninguém reclama? Ninguém se incomoda isso, será que sou só eu?

Se vc pensar parecido, por favor coloque o seu depoimento e contato, temos interesse em saber a sua opinião.

O ano está só começando, vamos voltar ao assunto. Sempre.

 

Um comentário para “ESTAMOS FERRADOS.

  • Stefan Féria

    Quem disse que este país é uma Democracia ?
    Vivemos governados por uma mentalidade comunista inrrustida que implantou nos últimos anos o catéter em nossas veias e aos poucos nos estão privando do livre arbítrio,da liberdade de expressão,e simplesmente nos obrigando a trocar o viver por sobreviver !…
    Temos sim que mudar isto e tocar na ferida de quem merece,tomando um caminho que as vezes possa parecer que não exista,mas que por fim nos traga de volta a vida assim como ela deve ser ….
    Basta !!

Deixe uma resposta para Stefan Féria Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nosso canal no Youtube

Se você quer assistir a vídeos de excelente qualidade, bem produzidos, nosso canal é o lugar certo para você começar! Acesse agora e fique por dentro do que há de melhor do mundo sobre 2 rodas.

ASSISTA A OUTROS VÍDEOS

Alma Selvagem - Fone: (13) 3355-2710 - E-mail: renzo@almaselvagem.com.br

Fazer login